3

Ante os que partiram


Ante os que Partiram

Nenhum sofrimento, na Terra, será talvez comparável ao daquele coração que se debruça sobre outro coração regelado e querido que o ataúde transporta para o grande silêncio.
Ver a névoa da morte estampar-se, inexorável, na fisionomia dos que mais amamos, e cerrar-lhes os olhos no adeus indescritível, é como despedaçar a própria alma e prosseguir vivendo.
Digam aqueles que já estreitaram de encontro ao peito um filhinho transfigurado em anjo da agonia; um esposo que se despede, procurando debalde mover os lábios mudos; uma companheira cujas mãos consagradas à ternura pendem extintas; um amigo que tomba desfalecente para não mais se erguer, ou um semblante materno acostumado a abençoar, e que nada mais consegue exprimir senão a dor da extrema separação, através da última lágrima.
Falem aqueles que, um dia, se inclinaram, esmagados de solidão, à frente de um túmulo; os que se rojaram em prece nas cinzas que recobrem a derradeira recordação dos entes inesquecíveis; os que caíram, varados de saudade, carregando no seio o esquife dos próprios sonhos; os que tatearam, gemendo, a lousa imóvel, e os que soluçaram de angústia, no ádito dos próprios pensamentos, perguntando, em vão, pela presença dos que partiram.
Todavia, quando semelhante provação te bata à porta, reprime o desespero e dilui a corrente da mágoa na fonte viva da oração, porque os chamados mortos são apenas ausentes e as gotas de teu pranto lhes fustigam a alma como chuva de fel.
Também eles pensam e lutam, sentem a choram.
Atravessam a faixa do sepulcro como quem se desvencilha da noite, mas, na madrugada do novo dia, inquietam-se pelos que ficaram... Ouvem-lhes os gritos e as súplicas, na onda mental que rompe a barreira da grande sombra e tremem cada vez que os laços afetivos da retaguarda se rendem à inconformação ou se voltam para o suicídio.
Lamentam-se quanto aos erros praticados e trabalham, com afinco, na regeneração que lhes diz respeito.
Estimulam-te à prática do bem, partilhando-te as dores e as alegrias.
Rejubilam-se com as tuas vitórias no mundo interior e consolam-te nas horas amargas para que te não percas no frio do desencanto.
Tranqüiliza, desse modo, os companheiros que demandam o Além, suportando corajosamente a despedida temporária, e honra-lhes a memória, abraçando com nobreza os deveres que te legaram.
Recorda que, em futuro mais próximo que imaginas, respirarás entre eles, comungando-lhes as necessidades e os problemas, porquanto terminarás também a própria viagem no mar das provas redentoras.
E, vencendo para sempre o terror da morte, não nos será lícito esquecer que Jesus, o nosso Divino Mestre e Herói do Túmulo Vazio, nasceu em noite escura, viveu entre os infortúnios da Terra e expirou na cruz, em tarde pardacenta, sobre o monte empedrado, mas ressuscitou aos cânticos da manhã, no fulgor de um jardim.

Emmanuel
Médium: Francisco Cândido Xavier



Mãe...minha luz eterna!
4

Selinhos







Obaaaa!!
Kelly me presenteou com mais selinhos!
Ofereço à todos amigos que eu acompanho tá? São todos especiais p/ mim.
2

Pensando Positivo

Recebi essa mensagem do meu amigo João e repasso com muito carinho
Visualize sempre uma luz guiando o seu destino, mesmo quando tudo se lhe apresente difícil e insolúvel.

De fato essa luz existirá, pois o Pai jamais abandona os seus filhos nos momentos de dificuldade.

Deixe-se guiar pela luz, representada pela esperança e pelo amor.

Ilumine-se com ela, não deixando nenhum resquício de trevas em seu caminho.

Ilumine-se pensando sempre no melhor.

Deus nos dá a luz, mas nós que temos de mantê-la acesa.


BARBOSA, Valdemir. Pensando Positivo. 03. ed. Brasília: Otimismo. 2007. Item 55.
Mãe...saudade. Te amo minha linda!
2

Minha mãe é linda...sempre linda

A saudade aperta um pouquinho...aí fico lembrando de todos os momentos bons que tivemos.

Te amo mãe!

5

E a saudade continua...essa não tem cura


De 10 dias p/ cá, resolvi viver, tentar ser feliz.
Resolvi não só por mim, mas por minha mãe tb que precisa me ver bem p/ poder prosseguir sua vida na outra dimensão.
Juro...estou me esforçando ao máximo.
Estudando muito...lendo Kardec.
Já aprendi a aceitar que minha mãe vive...apenas não à vejo. Esse é o problema. Não à vejo mais.
A saudade dessa criaturinha maravilhosa aí da foto acima, me consome demais.
Éramos companheiras, amigas, muito mais do que mãe e filha.
Os problemas aparecem, a vida continua. Eu não a tenho mais p/ me aconselhar, p/ me abraçar, me beijar.
A presença física dela me faz muita falta, por isso, me perdoem se hoje eu chorar.
Sou humana e sei que ela e vocês me compreenderão.
Choro por amor, por saudade dela.
Que foi a pessoa mais importante em minha vida.
Minha pedra preciosa.
Vou contar uma coisa...
Todos os dias eu faço uma oração e peço à Jesus que leve para minha mãe.
Peço tb que, se possível, algum espirito amigo, plasme uma rosa branca e entregue à minha mãe, dizendo que eu agradeço por tudo, por ela ter sido a melhor mãe do mundo.
Coincidência???
Estava sentada em frente à casa da minha vizinha, pensando na vida, e passa uma senhora que eu não conheço...nunca vi.
Esta senhora para em frente à mim e, me estendendo uma rosa branca, me diz:
Deus mandou para você.
A rosa branca está linda! Assim como minha mãe...linda!
Um grande beijo à todos os meus amigos
Mãe...obrigada!!!
0

Um selinho!!! Declaração de afeto.





Recebi este mimo de 2 pessoas que fazem realmente a diferença:

Kelly e Jorge


Bem, funciona assim:
- Escolhemos dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomeamos num post.
- Em seguida visitamos seus blogs e comunicamos a nomeação.
- Cada um deverá nomear mais dez, e assim sucessivamente.
- Não há prêmios, apenas nossa declaração sincera de afeto.

Escolho a lista de blogs que acompanho que está na barrinha lateral, pois todos são especiais p/ mim

À todos, ofereço as linhas abaixo

Amizade Virtual
(OlhosDe£in¢e)

Espaços que se cruzam,
palavras que se encaixam,
sorrisos imaginários que se entrelaçam,
confidências que se armazenam.
Assim nascem as amizades virtuais...

De repente estamos relatando
nossas angústias,
nossos momentos felizes,
trocamos segredos,
buscamos apoio para
os acontecimentos mais doídos.

Trocam-se palavras
revestidas nas emoções
de nossos momentos...
Ora, confortando as tristezas
refletidas nas lágrimas silenciosas,
ora, em alegrias contidas,
que quase sente-se
o calor do abraço amigo.

Nas tempestades do diz-que-diz-que,
navegamos em barcos sem remos,
até o momento, em que a amizade sincera,
sincroniza os remos na cumplicidade amiga
deslizando no mar sereno
da compreensão e do carinho.

A amizade virtual,
é fecundada com o coração,
adubada pela alma
e regada pelo carinho.


Obrigada por tantas palavras de carinho.

Mãe querida...viu como já estamos contando com amigos?
Continue tranquila, minha linda. Continue em seus estudos.
Por aqui está tudo em ordem viu?
Te amoooooooo


27

Os filhos que perderam sua mãe, aconselham:



. Não espere ela pedir, ofereça antes.
. Não reclame, apenas abaixe a cabeça, pois ela sempre está com a razão. . Não duvide. Vindo dela sempre será a mais pura verdade!
. Não bata o pé! Bata palmas para tudo que for feito por ela.
. Não rejeite a presença de sua mãe, pois nada nem ninguém irá compensar a ausência dela.
. Não seja impaciente com os momentos depressivos dela, pois você talvez seja a causa disso e, mesmo que não seja, tente ser, além de filho, amigo, e dê o que ela precisa; atenção, carinho, etc.
. Nunca pense que os favores que são pedidos por ela, têm como objetivo te fazer de escravo “só pelo fato dela ter te posto no mundo”. Você tem uma dívida com sua mãe no valor de R$$ ser 1 bom filho.
. Nunca rejeite os carinhos e os conselhos. Todos eles são dados para te fazer feliz e para te proteger, nem que para isso ela tenha que fazer o possível e o impossível.


Vale frisar: Não faça como muitos que só aprenderam a dar valor depois que perderam. Não entre nesse time, é triste demais! Faça muito por ela e, quando/se você perdê-la, verá que poderia fazer ainda mais.

Não há felicidade maior para uma mãe do que saber que é amada pelo filho e ainda mais quando ele demonstra isso. Felicidade pra ela, nenhum esforço pra você! Portanto... Se você tem a sorte de ter sua mãe ao lado, desfrute desta sorte e não só diga que a ama como também demonstre, sempre, sempre, sempre!


Mãe...palavra menor apenas que Deus!





Ganhei esse selinho de minha amiga Kelly


Esse selo representa os blogs que além da assiduidade das postagens e do esmero com que são feitos, provoca-nos a necessidade de refletir, questionar, aprender e sobretudo que instigam almas e mentes à procura de conhecimento e sabedoria. (copiado da Kelly...rs)


Presenteio os amigos que sigo, que estão na barrinha lateral do bloguinho, porque são todos especiais p/ mim.
7

Força!


Emmanuel


Quando o teu próprio trabalho te pareça impossível ...

Quando a dificuldade e sofrimento te surjam a cada passo ...

Quando te sintas à porta de extremo cansaço ...

Quando a crítica de vários amigos te incitem ao abatimento e à solidão ...

Quando adversários de teus ideais e tarefas te apontem por vítima do azar ...

Quando as sombras em torno se te afigurem mais densas ...

Quando companheiros de ontem te acreditem incapaz a fim de assumir compromissos novos ...

Quando te inclines à tristeza e à solidão ...

Levanta-te, trabalha e segue adiante.

Quando tudo reponte no caminho das horas, não te desanimes, porque terás chegado ao dia de mais servir e recomeçar.


Psicografado por Francisco Cândido Xavier.
Mãe...estude bastante e fique bem. Um dia você continuará cuidando de nós.
0

Brincadeira Gostosa (Selinho)

Olha só mãe!


Sua casinha recebeu o primeiro selinho da nossa amiga Kelly...e junto, uma brincadeira gostosa.

1 - Seguir as regras:

2 - Levar o selo acima para identificar quem está, esteve ou estará na brincadeira.

3 - Completar as seguintes frases:

a) Eu já...amei intensamente

b) Eu nunca...maltratei um animal

c) Eu sei...que a morte não existe

d) Eu quero...ser merecedora

e) Eu sonho...em reencontrar minha mãe

4) Depois, indique 5 blogueiros para participar da brincadeira

Minhas indicações:

www.conscienciaevida.blogspot.com (Jeanne)

www.bomespirito.com (João)

www.jovensdoalem.blogspot.com (JR)

www.viverpuramagia.blogspot.com (Ricardo Calmon)

www.cantodocontoecoisaetal.blogspot.com (Barreto)

Beijos e um ótimo mdomingo à todos


"Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras do cais"...

E o bem comportado executivo? O"cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar...

Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça". Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.

Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado.

Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.

Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" onde ele quer chegar? Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda- se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

E você?
Onde você quer chegar?
Está correndo tanto para quê?
Por quem?
Seu coração vai agüentar?
Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?
A empresa que você trabalha vai acabar? As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...


NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...
SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...


Arnaldo Jabour


Mãezinha linda...fique em paz e com Deus!
6

Sou humana...sofro...fico triste

É realmente impressionante como a vida (vida?) da gente dá reviravoltas.
Há 80 dias atrás eu tinha uma familia.
Pai, mãe, eu, meu filho.
Sentávamos todos à mesa na hora das refeições.
Assistiamos TV juntos.
Brincávamos.
Nos amávamos.
Uma das personagens dessa linda história foi embora sem nos avisar, foi morar em outra dimensão, atendendo ao chamado de Deus.
Tenho certeza que ela não queria ainda ir, mas foi...minha mãe se foi.
Fiquei com o que sobrou de nossa familia.
Pai, eu e meu filho.
Hoje, amargo uma das maiores dores em meu coração.
Mais um personagem da minha historinha vai me deixar p/ morar longe de mim.
Meu pai está indo morar com o irmão dele em Santa Catarina.
Onde foi parar a familia que conheci?
Sobramos eu e meu filho.
Foi o que sobrou da familia que era feliz, da familia que era unida, mas que perdeu o alicerce com a passagem da mamãe.
É...deve ser assim mesmo
Tenho ainda que resgatar algo aqui na Terra
Enquanto isso, vou sobrevivendo. Porque viver...
O meu orgulho de dizer...tenho uma familia...se foi com a onda de tristezas que invadiu nossa casa.
A familia? Essa, infelizmente, acabou.
Hoje me sinto como um galho de árvore, entregue à própria sorte.

Me perdoem o desabafo
Não serei uma pessoa triste e infeliz
mas ainda sou humana e tenho sentimentos
Hoje...estou triste
Amanhã...é outro dia

Deus há de olhar por mim
6

Esperança



Nunca sem esperança

Nunca percas a esperança
Se o pranto te encharca a existência, recorre a Deus, no exercício do bem, e acharás Deus, nas entranhas da própria alma, a propiciar-te consolo.
Se sofres incompreensão, ajuda ainda e sempre aos que te não entendem e encontrarás Deus, no imo do próprio espírito a fortalecer-te com o bálsamo da piedade pelos que se desequilibram na sombra.
Se te menosprezam ou te injuriam, guarda-te em silêncio no auxílio ao próximo, e surpreenderás Deus, no íntimo de teus mais íntimos pensamentos, prestigiando-te as intenções.
Se te golpeiam ou censuram, cala-te, edificando a felicidade dos que te rodeiam, e Deus falará por ti, na voz inarticulada do tempo.
E, se erraste, não tombes em desespero, mas, trabalhando e servindo, receberás de Deus a oportunidade da retificação e da paz.
Sejam quais forem as aflições e problemas que te agitem a estrada, confia em Deus, amando e construindo, perdoando e amparando sempre, porque Deus, acima de todas as calamidades e de todas as lágrimas, te fará sobreviver abençoando-te a vida e sustentando-te o coração.

Meimei


Mãezinha...um beijo com sabor de saudade.




Selinho


Deixo aqui um selinho à amigos que fiz com carinho.

Não existem regras p/ postá-lo, apenas gostaria de presentear essas lindas pessoas com as quais me identifico.








6

O Significado da palavra SAUDADE


Nós dispomos, na Língua Portuguesa, de uma palavra que não tem igual no mundo em sentido, em significado, em força, tanto no aspecto denotativo (se isso é possível!) como no conotativo.

É a palavra saudade, de origem tão obscura como o fundo dos mares portugueses, tão misteriosa como a virgindade das selvas brasileiras, ou tão cheia de calor como as terras de Angola ou Moçambique, também de linguajar lusitano.
De onde veio realmente o vocábulo saudade? Do latim solitate (soledade, solidão)? Do árabe saudah? Dos arcaísmos soydade, suydade? Até Antenor Nascentes, que foi nosso melhor estudioso da etimologia, não é convincente na explicação da origem. Influência da palavra saúde, como pode parecer uma analogia fonética? Dificilmente.
Não sendo possível definir a matriz de onde sai esta filha tão grata a todos nós, resta-nos apenas a satisfação e a honra de tê-la em nosso vocabulário, sem o perigo de competição por parte de qualquer língua de dentro ou de fora de nossa família latina. O francês solitude está longe de ter o mesmo significado. Mesmo do esperanto (re)sopiro e rememoro estão longe de alcançar nossa expressividade. São termos que passam a quilômetros de distância da riqueza semântica do que usamos.

E o que é mesmo saudade? Um sentimento que deve existir no coração de toda criatura humana, seja ela de qualquer raça, de qualquer parte do mundo, seja pobre, seja rica. A saudade não escolhe, não discrimina, não se faz de rogada para existir. Ela vem de mansinho ou vem fortemente, chegando quando menos se espera. A saudade é amiga da solidão, companheira inseparável do amor, visita invisível da amizade, às vezes pedaço de paixão, em muitos casos suave perfume de momentos de carinho e ternura.

Em muitas línguas, além de o termo "saudade" não existir, não há expressões com o mesmo sentido. Existem, sim, termos semelhantes. Os húngaros, por exemplo, têm uma palavra - hongavy - que exprime saudade da pátria ou de casa. Entre os finlandeses, o termo ikävää é utilizado para expressar tristeza por estar longe de um lugar. Já entre os alemães e ingleses, as pessoas quando sentem falta de outra podem dizer, respectivamente, Ich bin sehnsüchtig ou simplesmente I miss you (que equivale a sinto falta de você). Em espanhol, finalmente, o mesmo sentido é atribuído à frase te hecho de menos.


Fonte(s):
http://www.recantodasletras.com.br/
http://guiadoscuriosos.ig.com.br/
Para mim a palavra SAUDADE tem apenas um significado...

Significa MÃE.

URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE URGENTE



Esse lindo moço na foto acima chama-se CAIO HENRIQUE PSCHEIDT, e tem 20 anos de idade.

Sua mãe Evelize está desesperada, pq Caio saiu de casa no dia 24/10 e não mais retornou.

Gente...inaginem o sofrimento dessa mãe! Vamos ajudar? Vamos divuldar?

A última vez que foi visto, estava indo para a cidade de Joinville - SC.

Qualquer notícia, por favor, procurem Evelize. http://www.evelize-evelize.blogspot.com/

No blog vocês encontrarão telefones e meios de contato.

Deus lhe pague.

2

Dia de Finados

Apesar de ser espirita e saber que dia de finados deveria significar "dia de começados", como diz minha amiga Georgia, hoje me sinto triste.
Sei que a morte não existe, sei que é apenas uma transição, um retorno à nossa morada.
Mas...meu primeiro dia de finados sem minha mãe, me faz refletir, pensar e pensar e pensar.
Bom...resumindo.
Hoje, dia de finados, não vou ao cemitério, pois faço isso semanalmente (só faço isso porque lendo o livro dos Espiritos, aprendi que nossos queridos vêm até nós receber preces, flores e sentimentos).
Farei minhas preces em casa, como faço diariamente.
Guardarei a saudade física como sempre faço.
Fiquem todos na paz de Deus!

Muita luz à você minha mãe amada.
Ao meus avós Toledo, Lauro, Cida.
Ao tio Arlindo, à tia Táta e todos os amados que se foram p/ a outra dimensão.

Saudade hoje e SEMPRE!
2

AFINIDADES


"E foi então que apareceu a raposa:
- Bom dia, disse a raposa.
- Bom dia, respondeu polidamente o principezinho que se voltou mas não viu nada.
- Eu estou aqui, disse a voz, debaixo da macieira...
- Quem és tu? perguntou o principezinho. Tu és bem bonita.
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Vem brincar comigo, propôs o princípe, estou tão triste...
- Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. Não me cativaram ainda.
- Ah! Desculpa, disse o principezinho.
Após uma reflexão, acrescentou:
- O que quer dizer cativar ?
- Tu não és daqui, disse a raposa. Que procuras?
- Procuro amigos, disse. Que quer dizer cativar?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa criar laços...
- Criar laços?
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo...
Mas a raposa voltou a sua idéia:
- Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música. E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo...
A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe:
- Por favor, cativa-me! disse ela.
- Bem quisera, disse o principe, mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer.
- A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa. Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me! Os homens esqueceram a verdade, disse a raposa. Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"...

Antoine de Saint-Exupéry - O Pequeno Príncipe



Diariamente me pego pensando, sofrendo a falta física de minha mãe.

Com ela aprendi tudo...tudo o que sou.

Tenho dignidade, tenho amor no coração, tenho até coragem!

Aprendi a valorizar as pequenas coisas e a não valorizar demais os obstáculos que surgem na vida. Enfim, aprendi a colocar os pés no chão e a dar um passo de cada vez...

Só não aprendi ainda a estar distante dela.
Esse vazio todo que sinto me fez refletir sobre as ligações espirituais, laços muito mais fortes que os carnais. Assim, trago a questão nº 297, do Livro dos Espíritos:





"297 A afeição que dois seres tiveram na Terra sempre continuará no mundo dos Espíritos?
– Sim, sem dúvida, se é fundada sobre uma simpatia verdadeira. Mas se as causas físicas foram maiores que a simpatia, ela cessa com a causa. As afeições entre os Espíritos são mais sólidas e mais duráveis do que as da Terra, porque não estão sujeitas aos caprichos dos interesses materiais e do amor-próprio."


Um dia ainda vamos nos reencontrar...mãe