6

Hoje seria seu aniversário

3

Te amo eternamente


Lanço meus olhos ao céu
e não mais te alcanço,
eras meu céu,
ergo minhas mãos e não
mais toco as suas,
me perco tentando te encontrar.

Meu corpo busca o acalento de seu colo,
o afago de suas mãos que milagrosamente
transformavam tudo e acalmava meu
coração aflito.

Mãe, em meu coração você está
eternamente, sua força, seu amor e seu carinho
me conduzem e fazem meus passos firmes
nessa estrada da vida, refletindo sua presença.

A ternura de suas palavras
e o exemplo de dedicação e amor que me deste,
fazem de mim a mulher que sou,
e hoje mãe também, sigo adiante seus
ensinamentos e vou plantando amor.

Mãe, te amo ontem, hoje e sempre e
minha saudade é eterna
3

Minha mãe ! Nossa Mãe!


3

É Dia das Mães !

Minha BB e Minha Mãe....Saudades!

Dia das Mães !! Dia importante!!

Fui a praia conversar com Ela, caminhamos e rezamos.


Aqui segue algumas palavras de minha Mãe....depois que se foi. Ou seja após dia 25/08/2009.


Minha Claudinha, Vc é minha filha!, confio em Você filha. Desejo que seja feliz Filha!, Tudo tem seu tempo Cláudia.Minha Cláudinha. Através do perdão, a mais bela expressão de amor na Terra. Peço, não sofra tanto Cláudia Regina, tudo vai dar certo. Não poderia ser uma Mãe e Avó triste, voces não permitiriam e não permitem.,Reconhecida ao carinho das filhas que hoje mimam essa MÃE FELIZ...MUITO FELIZ!

Beijos minha Cláudinha;

Beijos Patrica Cristina;

Beijos minhas meninas, minhas pequenas.


Desta forma não tenho muito a escrever...faço das palavras de Minha Mãe meu referencial de Vida...e me basta seu AMOR. Sou feliz por ser filha da Dona Mércia...

E agora segue uns versinhos a minha Mãe e minha BB.


Algo estranho me aconteceu;

Quando achei que meu mundo se perdeu;

Ela vem e me resgata, me obriga a ser forte;

Provando que me ama....até mesmo depois de sua morte.




Perdi a minha Mãe, Perdi a minha Filha;

Mas não perco minha fé, em ter de novo minha alegria;

Minha FAMÍLIA é como uma flor;

Regada por Deus e por Amor;

FAMÍLIA completa, pois ainda me falta apenas uma pétala.
Cláudia Regina (minha Cláudinha rsrsrs)




0

Mãe para Sempre


Sabemos que para MÃE não há tempo e nem lugar

Para cochichos e amenidades outras.

Porém, quando sua Mamãe houver envelhecida,
E infelizmente, esta hora virá,
Quando aquilo que, em tempos idos ela fazia com facilidade e felicidade,
Agora é com dificuldade que faz,
Quando os seus olhos queridos e leais,
Já a vida como antes não olharem mais,
Quando as suas pernas ficarem fatigadas,
E não a quiserem mais carregar...
Empreste-lhe o seu braço como apoio,
Siga a seu lado com contentamento e alegria.
A hora virá (ela virá) quando, chorando, você sentirá saudades de tudo o que fez e do que não fez!
E se alguma coisa ela lhe perguntar, responda.
E se voltar a perguntar, volte a responder.
E se outra vez falar, fale com ela; sempre com candura.
Não com impaciência, mas gentilmente!
E se não conseguir compreender bem,
Volte tudo a explicar com alegria;

Ninguém lhe amou tanto, e com tanto amor,
Quanto sua MÃE
10

Mãe abençoada e iluminada (psicografia)

Mamãe e Natali (afilhada e sobrinha)Mãe Jerônima (nossa avó), Anselmo (nosso pai) e mamãe


Thayná, Mamãe e Ayla (avó e netas)

Thiago e mamãe (neto)



Mamãe e Janaina (afilhada e sobrinha)




Os 3 irmãos = Mercia, Marcio e Marisa que a distância física não separa


Carta recebida dia 06/05/2010 em Lorena através do médium Rogério H. Leite

Patricia e Claudia, minhas filhas.
O amor que nos envolve é o nosso porto de chegada.
O meu coração de mãe se alegra diante dos esforços empreendidos pelas meninas que não me esquecem e que tomam para si as minhas humildes pegadas na Terra como exemplo.
Ahhh minhas meninas. Somente o amor para nos reunir numa casa simples como essa e, sob a concessão dos benfeitores amigos, eu tomar as mãos deste nosso amigo que se esforça para decodificar toda minha gratidão de mãe e o meu reconhecimento às filhas amadas nestas folhas que vou preenchendo no compasso da saudade que parece não passar.
Saudades...filhas, mas não revolta ou indignação.
Porque deveríamos ser tristes?
Constituí uma família baseada na feliz parceria com o Anselmo. Nós sabemos disso.
Se eu pudesse voltar o tempo, voltaria e as tomaria no colo novamente.
Falaríamos coisas belas e importantes sobre a fé em Deus, a importância da Prece, o dever de ser bom para com o próximo. A importância do perdão. A dignidade que o trabalho oferece.
Mas agora, posso apenas participar de suas vidas como uma pequena ave que lhes vigia os passos, inspirando-as através do meu canto alegre de mãe que não as esquece.
Sinto pelo pai de vocês, mas reconheçamos que o tempo de separação física é curto para quem esteve abrigado nos braços do outro por cerca de 43 anos, como se fossemos uma só pessoa.
Oremos por ele.
Patricia, prossiga...filha.
O Padre Justiniano, presente ao meu lado, pede que lhe diga que o Evangelho de Jesus é um valioso repositório de bênçãos aos corações despertos.
O culto do Evangelho no Lar é a fonte de bênçãos a serem partilhadas entre encarnados e desencarnados. Não se esqueça disso!
Como já lhe disse, seja perseverante nos estudos e nas atitudes.
Um dia nos sentiremos mais juntas porque Jesus consentirá, minha filha, que eu fale e escreva através de você. Então, diminuiremos nossas saudades. Elas se converterão em esperanças.
É o que desejo como presente do dia das mães que se aproxima.
A união de minhas meninas e netos ao lado do Anselmo e, se possível, da mamãe Jerônima.
Não se importem com o que ela disse. Dentro dos seus conceitos, ela está certa.
Mas, devo obedecer os critérios da disciplina e a orientação dos Benfeitores amigos que priorizam os corações que realmente sentem dor.
Quanto aos meus irmãos e familiares, eles estão bem. Sempre estarei em preces por todos.
Quanto à você, Claudia Regina, minha Claudinha.
Já abrandou este coração?
Creio que sim...você é minha filha! Embora possua senso de justiça, a misericórdia sempre irá na frente e o perdão é uma semente que frutificará aos poucos no seu coração amoroso.
Confio em você, filha.
Desejo que seja feliz. Dê tempo ao tempo, tudo se arranja sob as bênçãos de Deus. Te amo, filha.
E você Andrea, está feliz? Creio que sim. Isto que desejo perceber em cada rostinho.
O tempo na Terra nos ilude muito, por isso, às vezes, tropeçamos nas pequenas coisas e chegamos até a fazer birra não é verdade?
Deus te abençoe.
Abençoando a Carla, a nossa Ayla, que logo estará mocinha e saberá escolher os braços que há muito estão estendidos para aconchegá-la.
Tudo tem seu tempo, Claudia.
Beijo em preces o coração do Thiago, da Thayná, da mãe Jerônima, do Anselmo, do Marcio, da Marisa...ahhh Marisa!
O coração da Natali, da Janaina e de todos os nossos, sem me esquecer da Ellen.
Reconhecida ao carinho das filhas que hoje mimam esta mãe feliz...muito feliz!
Por todo carinho que recebo todos os dias.
Por hoje é o recado breve.
Beijos no seu coração, Andrea
Beijos, minha Claudinha
Beijos, Patricia Cristina
Sempre serei a mãe reconhecida
Sempre a sua

Mercia Toledo Cesar
06/05/2010
6

Amo-te


Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o nada e abriu o espaço...

Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o homem e abriu-se o encontro...

Um dia, o Amor se tornou
vida e, de tua vida eu existi...

Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor...
A vastidão do mar fala-me da tua bondade...
As altas montanhas refletem teu heroísmo...
A profundeza dos vales espelha tua humildade...
A beleza das flores traduz teu caminho...

Tudo isso encerras dentro de teu grande coração...
E silenciosa, serena, sorrindo,
continuas olhando por mim

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi
.

Obrigada, Mãe