6

Psicografia Recebida em 30 de Outubro de 2010

Psicografia recebida pelo médium Rogério H. Leite na cidade de Lorena.
Deus é maravilhoso!
Mãe! Que orgulho de ser sua filha!

Patricia Cristina, minha filha, a sua mãe não está pronunciando seu nome inteiro para lhe dar uma bronca.

Você se recorda quando criança, você e sua irmã fazendo artes e eu dizia com voz brava: Patricia Cristina e Claudia Regina, olha o coro!

Aqui estou na condição de mãe agradecida à Deus pela filha que me ama, me faz viva, me faz feliz, me torna sua parceira em cada momento em que se esforça para minorar o sofrimento do semelhante através das tarefas que a Caravana Luz de Maria implica.

Aqui estou, filha, para lhe dizer que sempre estarei ao seu lado e que suas lágrimas nunca foram em vão, nem seus protestos em referência ao meu regresso necessário para cá, você dizia:

“Perdi minha mãe...o que farei da vida?”

Jesus a envolveu e o seu amor te provou que não perdeu a ninguém.

Quanto ao que fazer da vida, ao lado dos benfeitores desencarnados e encarnados, haverei de lhe inspirar.

Obrigada, muito obrigada pelo teu amor.

Quanto ao seu pai, nós sabemos que a saudade e a impossibilidade de ele participar ao seu lado das tarefas, o deixa triste e teimoso. Seria mais uma tarefa de amor a desabrochar diante os teus olhos e diante o seu coração nem sempre paciente.

Diga ao meu velho que sempre serei grata à Deus pelos nossos 43 anos de convivência em comum. Só Deus para recompensá-lo por tudo.

Assim como lhe serei eternamente grata pelas flores que o seu carinho depositou no meu túmulo pobre, mas, repleto de vibrações amorosas.

Além das recordações, as quais ele se apega para dormir.

Estou tão feliz!

Anselmo, você não foi! Sempre será o amor da minha vida, o meu amigo, o meu confidente, o meu marido, o meu irmão, o meu filho, o meu pai.

Te amo, meu velho. Esteja sempre com Deus! Paciência com as meninas.

Quanto à Claudia Regina, o meu carinho pela filha que para mim aparenta estar escalando uma montanha tão alta, quase inalcansável em busca da felicidade.

Minha filha, Deus se revela nas coisas simples, especialmente naquelas que podemos tocar, afagar e amar. Quanto a amores que no momento não podemos tocar, afagar e beijar, Deus tocará e cuidará por nós.

Receba todo o amor e carinho de sua mãe ao lado da Andrea, cuja tristeza se dissipará na certeza da imortalidade da alma. Deus te abençoe, minha filha.

Quanto à Carla, muitas preces.

Preces amorosas à nossa Thayná, à nossa Ayla, ao nosso Thiago e à netos lindos que a vida está colocando em meus braços de avó, sempre pronta a amar.

Preces e abraços à nossa Ellen.

Vibrações do papai João Toledo à todos.

À mãe Jerônima, nossa Tuta, todo o meu carinho e compreensão de filha.

À sua mãezinha Clarice, o meu abraço, a minha amizade franca e o meu reconhecimento.

Clarice, o filho amado está com Jesus.

Ninguém que esteja ao lado de Jesus possui forças suficientes para se resvalar em sentimentos de desolação ou tristeza.

Quem está junto ao Cristo, sente o amor e o perdão dentro de si como possibilidades de soerguimento a atos impensados.

Quanto à Léia...tudo passa!

Na próxima oportunidade, veja com bons olhos uma conversa a sós desta menina com o moço, hoje triste, que empunha esta caneta.

Ele aprendeu...ele sabe fazer de sua tristeza uma razão para viver pela felicidade dos outros. A receita é dele.

Por hoje, preciso deixar a caneta. Filha, a vontade de escrever é muita, mas há disciplina em sessões como essas.

Beijos, minha menina crescida.

Muitos beijos da mãe orgulhosa.

Sempre a sua

Mercia Toledo Cesar

30/10/2010

6 comentários:

valéria disse...

Patrícia, querida, fico tão feliz quando leio as cartas da D. Mércia. Sei que como ela, minha mãezinha também vê meu sofrimento, que nada mais é do que saudades imensas de tantos momentos maravilhosos que vivemos juntas. Que bom, amiga querida, me realizo através de você.
Um grande abraço fraterno. Fique com Deus.

Kelly disse...

Eita mãezinha querida que não esquece dos filhos!!!! Beijos querida

valéria disse...

fico tão feliz quando leio as cartinhas da D. Mércia, sei que como ela, minha mãe também está sempre ao lado dos filhos zelando nossos passos.

Odele Souza disse...

Passei para deixar um abraço e agradecer por manter aqui em seu bonito blog o link do blog de minha filha Flavia.

Um forte e carinhoso abraço.

mãedoizinha Claudia disse...

Dizer que sofro, que choro, seria pouco minha mãe! Mas o amor que nos deu e que ainda nos da,me faz não desistir mesmo. Nasci para ser feliz certo? me fez pra isso....e no dia em que se foi....ainda me pediu isso, foi seu ultimo pedido a mim...Claudia seja feliz.
Serei minha mãe...te amo minha mãe, meu orgulho, a vida que me deu não jogarei fora.
Sua filha Claudia

Fahime disse...

Nossa deve ser tão bom receber um carinho como esse... saber noticias.. saber que ela esta bem... queria muito receber... um grande abraço...

Postar um comentário