1

Saudades da mãe... por Claudia !



Minha doce Mãe!!

Tenho Saudade de te ver chegando, te ver sorrindo e me olhando com esse seu olhar , seu olhar me dizendo que estava feliz em estar em minha casa.
Chegando pra passear, para matar saudades.
Tirava feliz as malas do carro, distribuia presentes , ficava feliz, nos deixava feliz.


Mãe, te escrevo agora uasando a tinta do meu carinho e do meu amor, molhando o papel do coração machucado e ferido pela saudade.
Seus conselhos agora são perólas em minha vida, pulam em minha mente, exagerando na pressa e não acompanhando o ritmo das lembranças que tenho.
Me lembro ainda criança direcionada pelo seu carater.
As suas mãos firmes, que me ensinaram a andar.Me tornei forte minha Mãe.
As lembranças minha mãe, como um retrocesso mental,molharam meu rosto com as lágrimas que cairam dos meus olhos que agora são tristes.
Assumiu uma forma, desse meu louco pensamento voador,minha irmã que sempre implicava comigo.
Como teimávamos uma com a outra . Pelo mesmo brinquedo, pelo lugar na balança, por quem entraria primeiro no carro, pelo Yakult em exagero.

Ouço seu sorriso, ensinando calma e amor.
Sinto suas broncas, me guiando na vida.

Muitas vezes seu olhar em mim, me alcançou, me dizia, sem palavras, do erro que estava cometendo.

As lições da escola que nunca fazia, as refeições que nunca terminava, as artes que nunca deixava de lado, a blusa que não colocava,a pipoca, o refrigerante.

Nossas lembranças, Minha Mãe!

Meus dias de adolescente, querendo voar a procura de liberdade antes de ter asas para isso.
Meus dias de juventude em que queria ir além de onde conseguiria, muitas vezes me puxou de volta a realidade.
Minhas lágrimas de frustração, você enxugou.
Minhas lágrimas de dor, de mágoa que você limpou, secando meu rosto e dizendo Te amo.
Como faço quando ouço sua voz repetindo, uma vez mais: Tenha calma....tudo tem seu tempo.
E muitas outras que me vem a mente como uma batalha de recordações .
Impossível escrever como suas frases Mãe se tornaram um livro em minha mente....guardei tudo, lembro de tudo.Leio e releio na imensidão de meu cérebro, pois nada quero esquecer.
Lições e mais lições

Nossa casa, cheiro de limpeza, tudo organizado, caixa de brinquedos e pijaminhas com chinelos de pano, almoço e jantar, sempre na hora certa.
Volteia uma vida que já tinha esquecido, como se fosse eu alguém retirada do paraíso, e voltando de repente.
Mãe, chegou o momento onde a saudade e a dor penetra minha alma, nossa vida.
Como criar minhas filhas sem vc por perto.
Como não errar, não chorar, não fraquejar.

O que fazer no Natal.
Mãe, aqui estou. Não quero que leia essa carta...que voar até vc,estar perto, ser eu mesma a carta, quero que sinta meu amor, não em letras, mas num abraço.
TE AMO MÃE !!





Amigos ! Vc que esta com sua mamãe por perto. Não a deixe. Telefone, mande uma flor, um mimo, uma miniatura. Lembre quantas vezes, em sua vida, ela te tratou dessa forma. Nunca deixe de abraçar, acarinhar, confortar o coração. Pois você, com certeza, será sempre para ela, o melhor , o mais precioso e mais caro presente.

Um comentário:

Anônimo disse...

oh minha querida eu também não tenho mais ao meu lado minha santa mãezinha, ela desencarnou no dia 21/01/2010.ta sendo muito difícil,é uma dor que parece nunca ter fim....estou sofrendo muito a falta dela!!!
bjs

Postar um comentário