0

Anjo


Remexendo nas coisas aqui em casa, acabamos por encontrar lembranças, recordações, sinais.
Encontrei, escrito por minha mãe a poesia chamada Anjo, que transcrevo abaixo:


Anjo
Graças Senhor
Porque me ofertaste, em nome do amor
Um anjo que me guarda.
Ele abranda a minha fome
Não me permite o rancor
E sempre que se retarda a graça que tanto quero,
Me arma de paciência e, cheia de fé, espero...
Surge sempre que a sombra da descrença, da tristeza, sobre minha alma desce
Acende a luz da esperança, de novo, meu riso cresce;
Do mundo vejo a beleza e, meu pensamente dança.
Se um gesto cruel me fere, sua mão vem me curar e
Me faz ainda mais viva para amando, caminhar
Marilia Meireles
Encontro um outro papel, onde meu pai escreve:
Meu bem.
Quando você copiou esta mensagem, você não percebeu, mas estava falando de você mesma.
Assim, quem lhe oferece, sou eu... Anselmo 07/10/08
Nossa familia era isso...amor
Um grande amor que sempre existiu entre meus pais.
Crescemos assim.
Aprendendo o verdadeiro significado do amor
Com muita saudade do nosso tempo de familia unida
Patricia

Nenhum comentário:

Postar um comentário