2

Lhe sou grata!


Mãe...
Lhe sou grata.
Pela amizade que me dedicou
Por meus defeitos que você nem notou
Por meus valores que vocêsempre aumentou
Por minha fé, que você alimentou
Pela paz transmitida
Pelo pão do amor que sempre repartimos
Pelo silêncio que dizia quase tudo
Pelo olhar que me reprovava, mudo
Por se presente, mesmo quando ausente
Por ser feliz, quando me via contente
Pelo seu olhar que dizia: Filha...vá em frente!
Por ficar triste, quando eu ficava tristonha
Por rir comigo, quando eu estava risonha
Por me repreender, quando eu errava, ou pelo meu segredo, sempre bem guardado
Por seu segredo, que só eu conhecia e por achar, que apenas eu merecia
Por me apontar para Deus à todo instante
Por seu amor fraterno, tão constante
Por me mostrar que a verdadeira doação é doar-se por inteiro,
sem restrições, pois quem ama, não coloca limites para os gestos de ternura

Por tudo isso

Te amo minha mãe e sinto sua falta

Eternamente

Patricia

2 comentários:

Jeanne disse...

Uma mãezinha tão amada deixa sempre um vazio enorme, que nada nem ninguém consegue preencher.
Sendo uma pessoa bondosa e generosa como foi, está sendo bem atendida e recebendo todo o apoio espiritual.
Continuem com muitas orações e vibrações de amor.
Beijos :)

Jorge disse...

Que mãezinha maravilhosa.
Costumo sintetizar que mãe é mãe!!!

Vocês tem um blog que emociona. parabéns!!!!

Um abraço bem carinhoso,
Jorge

Postar um comentário